21 de out de 2009

MEDITAÇÃO

Neste recolher de ancoras
Quero descobrir tudo.



Talvez eu possa transcender?
alem deste corpo existe algo,
vou percorrer espaços de luz,
E esquecer os números...
o tempo não vai me controlar.


se preciso for, esquecerei tudo.
Esquecerei as fronteiras invisíveis
Que prendem a alma.

Talvez eu possa viajar!
Para um lugar onde somente
Os poetas misticos chegaram
será que sou digno?

Melhor será acordar,
E voltar a realidade.
Trágica realidade!

Oceanos de ilusões!
Porque se fragmenta?
Queria eu viver o sonho
Queria eu ser poeta...

sandrio cândido.

Nenhum comentário: