21 de out de 2009

personalidades

Parei de escrever meu destino
Ele já está escrito nas pedras.
Mas eu tentava mudar algo
Que não me permitia ser feliz
Tentei mudar meu ser...

Parei de correr da chuva
E de estudar filosofias.
Busquei muito a verdade!
E permaneço na certeza,
Que não possuo as certezas
Que pensei possuir...

Parei de chorar em vão.
Que seja a lágrima
o rio que corre em meu ser.
Que seja o místico e o ateu,
O sagrado e o pecado juntos,
Tudo no meu corpo voluptuoso.


Parei de procurar o paraíso.
Parei de mentir com sorrisos.
Hoje sou assim,transparente?
Todos podem ver minha tristeza.

Parei de ser tudo,
E comecei a ser eu!

sandrio cândido.


( hoje muitas pessoas são tudo menos elas mesmas ja pensou nisto)

Nenhum comentário: