24 de nov de 2009

cartomante

Assim será o tempo!
Vitrine de pensamentos
Cota por gota subitamente
Cairá sobre a terra a chuva
Que no rio transbordará.

Se desejar encontrar a verdade
Navegue por estas águas
Invisíveis aos teus olhos,
Se chegar a margem
Debruce lentamente
Sobre as folhas secas
Do verde pomar...

Assim será a vida
Um sonho dentro do sonho!
Sonhar com o que virá
Ainda que não se alcance
O sonho almejado...

Assim será o amor
Sentimento da ausência!
Porque na presença diária
Ocorre o silêncio dos amantes,
Mas quando despertar a lagrima
Um sentimento qualquer
Nascerá nos corações...

Assim será o futuro
Fragmento do presente!
Sombras do que fomos
E do que pensamos ser.

Assim será a morte
O fim de uma viagem
Em busca do eterno!
O rasgar do pergaminho
Onde escrevo estas palavras
Que também se apagarão.

sandrio cândido.

Nenhum comentário: