14 de dez de 2009

Aonde jaz?



Aonde jaz o tempo?
No silêncio das sombras
No corpo imperfeito
Nas roucas vozes
Nas palavras ditas?

Aonde jaz a chama?
No amor acabado
Na eterna paixão
Na oração sagrada
Na Fé destruída?

Aonde jaz o sonho?
Na verdade negada
No paraíso perdido
Na fria tarde
Nos olhos do adulto?

Aonde jaz a verdade?
Nos esquecidos deuses
No incompreendido místico
No sofrido trabalhador
No pobre andarilho?

Aonde jaz a vida?
No ser humano que jamais
Compreendeu a poesia
Que há em sua vida?

Aqui jaz a poesia?

sandrio cândido.

2 comentários:

Flávia Diniz. disse...

Onwww, obrigada pela visita ao meu blog.
E pela frase também, tô precisando =/



Beeeijos.

Rodrigo disse...

Meu seu blog é espetacular show, not°10 desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper Blog
Um grande abraço e tudo de bom
http://maximumforma.blogspot.com/