10 de dez de 2009

Primeira vez...

Um instante nos separa,
Daqui a alguns segundos
Nossos corpos despidos
Se entrelaçarão sob o luar.

Esta noite fria de inverno
será um inesquecivel momento
De desvario romântico .
Momento de perder e se encontrar...

Nos amaremos entre beijos e abraços
Distante se ouvirá uma canção de amor
Mas em nossa voz soará o som das palavras
Que se perderam em fúteis declarações...

Subitamente os lirios do campo
São desvirginados pela chuva
Assim será hoje conosco
Uma entrega mística!

Separa nos um instante!
O mesmo que separa o sol
Da lua que brilha na noite,
Mas hoje sob esta lua
Seremos como a chama e a vela.

Sandrio cândido.

Um comentário:

lupussignatus disse...

a pele

do

fogo



*abraço*