9 de jan de 2010

A paz dos guerreiros.

Ouçam a voz dos profetas:
Israel, minha doce Israel
no pó de teus prédios jaz,
inocentes que a guerra
não poupou!

Vejam se vem as flores
para esconder o sangue
que no rio de Janeiro
foi derramado a noite.
salve nos, oh Cristo redentor!

Ouçam o clamor da geração
que outrora fez a revolução
agora é tempo de parar
para buscar a paz almejada
e alcançar a liberdade sonhada.

Terras de minha Alemanha
Portugal,Espanha, França ,
Brasil, Itália e Polónia
todas as nações do mundo
ouçam o cantar dos pássaros
no bosque da solidão...

Aonde repousa os homens
que lutaram pelas nações
levantaram a bandeira
aclamando o dia da paz...
poeta do inverno.


sugestão de titulo- poeta do penedo.

9 comentários:

Poeta do Penedo disse...

Um belo poema. Se eu o tivesse escrito, chamar-lhe-ia «A paz dos Guerreiros»,pois descansam agora em paz as memórias dos que sacrificaram a vida pela liberdade dos povos.
Força meu jovem poeta, dê liberdade a essa criatividade que canta a glória do seu povo.
Com amizade

poeta do inverno disse...

caro poeta do penedo aceito sua sugestão de titulo,sabe há varios dias tenho pensado na liberdade e na luta do povo, e neste pensar tenho escrito varios textos que um dia compartilharei com os leitores. obrigado pelas palvras.

Poeta do Penedo disse...

Caro poeta do inverno
fico sensibilizado por ter aceite a minha sugestão. É com imenso prazer que dialogo consigo, um jovem poeta, que na sua ainda curta vida já canta as ilusões e desilusões do seu povo.
Com um forte abraço lusitano. Um abraço Tuga.

Dani disse...

olá!!
adoro poemas, seu blog chamou atenção.

beijos. voltarei!!

Pelos caminhos da vida. disse...

Desejo nesta semana para você:

Paciência para as dificuldades
Tolerância para as diferencias
Benevolência para os equívocos
Misericórdias para os erros
Perdão para as ofensas
Equilibrios para os desejos
Sensatez para as escolhas
Sensibilidades para os olhos
Delicadezas para as palavras
Coragem para as provas
Fé para as conquistas
E amor para todas as ocasiões

beijooo.

poeta do inverno disse...

caro poeta do penedo tambem tenho imemso prazer em dialogar copnsigo, pois aprendo muito ou tento compartilhar o pouco que sei atrves das minhas experiencias na vida...aceito com imenso prazer o abraço lusitano e tambem retribuo com um abraçoi brasileiro.

poeta do inverno disse...

pelos caminhos da vida retribuo a ti todo o teu carinho, obrigado pela visita e pelos desejos. grnde abraço.

Flávia Diniz. disse...

Saudade doí, mas passa!

Beeeeeeijos.

DH ★ disse...

Olá, estou visitando! rs
Adorei seu blog!
Passarei mais vezes depois e com mais calma.
Passa no meu? Tô seguindo!

Beijos ♥