27 de fev de 2010

Seguirei...

Ainda me doaram a esperança

E com ela eu caminho errante

Na busca por um mundo novo

No desejo de um novo instante.

Sem muitas paginas para ler

Escrevo o que me faz sonhar

E olho o desfolhar das rosas

Sob a chuva que despe o céu.

Primeiro me entrego ao dia

Na procura de alguma poesia

Lutando para despertar a alma

Que sob a beleza adormece...

Ainda me deixaram as mãos

E com elas vou para o centro

Do mundo que não me pertence

Mas pertence a todos os outros...

Das lembranças em mim perdidas

Retiro qualquer face da vida

E nos homens hoje escondidos

Procuro o místico do humano.



Sandrio cândido.

Um comentário:

José Ramón disse...

Criatividade e imaginação de fotos de Jose Ramon Thanks for the comments
Saudações