7 de fev de 2010

Poetas!

Porque escrever este verso
Porque compor um poema
Porque pensar em palavras?

Outros também escreveram!

Alguns foram grandes poetas
Mas fizeram o que agora faço?
Alguns foram grandes filósofos
Mas não vivem o meu agora...

O meu tempo a meu ser pertence
E perdura por entre as paginas
Como o agora de muitos tempos.

Todos os poetas cantam juntos
E hoje há um canto eterno
Que se difere pelo século vivido
E seu cantar é voz de uma geração.

Poetas homens que lutam sempre
Com as palavras e com as mãos.

3 comentários:

Poeta do Penedo disse...

Caro poeta do inverno
cada tempo produz os seus próprios poetas, consentaneamente com a mentalidade de cada época.
Retive as suas estrofes finais: os poetas lutam com as palavras e com as mãos. Em Portugal tivemos um, que fez precisamente isso: combateu com as palavras e com a espada, muito embora tenha sido o combate verbal que o imortalizou: Luís Vaz de Camões. O seu grande combate- Os Lusíadas.
Com amizade.

poeta do inverno. disse...

caro poeta, é exatamente esta a mensagem que eu desejava passar.
abrços
com saudaçoões

Anna Larissa. disse...

Me identifiquei, adorei!
beijo e bom carnaval.