16 de abr de 2011

Inaudível

Pedaços de nós, perdidos entre os versos 
grafados no árido silêncio do beijo 
que em alguma noite ficou esquecido. 

Ainda me resta olhar os retratos 
e perceber a caligrafia dos olhares 
que se perdia entre as declarações. 

Guardo a inaudível canção que tocava 
quando nossos corpos bailavam 
no primordial encontro dos lábios.

O triste do amor é saber que um dia 
inevitavelmente perdemos o que amamos 
mas o amor vale pelo instante. 

Apesar de que no amor não se perde 
pois nas gavetas da saudade 
sempre fica um pouco do que amamos. 

Então ao menos hoje quero recolher-me 
e amar-te como nunca amei alguém 
porque te amarei na ausência dos corpos. 

Porem te amarei de forma esplêndida
sem lábios, sem olhares 
apenas com o verso do sentimento.

Sandrio cândido.




10 comentários:

нєllєи Cαяoliиє disse...

O triste do amor é saber que um dia
inevitavelmente perdemos o que amamos...

Sim,realmente perdemos,acredito que tudo que vem vai no tempo determinado,mas temos o dom de eternizar isso dentro de nós!
Lindo Poema
Beijos e um ótimo fim de semana.

A Escafandrista disse...

Lindo. E esta fotografia é um clássico. mundialmente conhecida. bjs.

Janita disse...

Meu querido Poeta.
De cada vez que leio um poema teu penso, sempre, que é melhor que o anterior.
Este é um dos melhores que já escreveste, ou o que mais me disse, não sei bem. Só sei que é muito belo e que o adorei.
Tudo o que é importante para nós vale pelo instante. Mesmo quando tudo termina, esse instante permanecerá. Inaudível, intocável, mas nosso!
Parabéns meu querido e jovem Poeta.
Beijos com carinho.
Janita

Patricia s2 disse...

"Ainda me resta olhar os retratos e perceber a caligrafia dos olhares que se perdia entre as declarações."
perfeito. sem palavras...

Sam disse...

As partes um dia se encontrarão, mesmo que não permaneçam, mais cedo ou mais tarde.
Meu beijo, Sandrio.
Samara Bassi.

Fernand's disse...

quando digo que o amor não tem moral, refiro-me ao conjunto de regras e costumes - Amoral. muito diferente de Imoral.

grata.

Lara Amaral disse...

Bonita forma de amar! =)

Beijo, querido.

Mirtes Rodrigues disse...

"Apenas com o verso do sentimento"

Essa última sentença,é simplesmte muito bointa,gostei do poema.

Callie disse...

Belo espaço, volto com mais tempo para ler-te..

beijo meu'

Ana Larissa disse...

É sempre um prazer passar por aqui. Leituras extremamente prazerosas.

Um grande beijo!