20 de abr de 2013

contemplação do crepúsculo

os crepúsculos enfiam os dedos na minha garganta.

então canto,
entro pelo ventre úmido das árvores,
subo nos galhos secos:
estou em busca do último pássaro.

semeio raios de sol nos canteiros sujos do mundo,
minhas mãos ceifam gotas de orvalho,
rios me circundam,
cachoeiras explodem em meu peito:
tenho uma foz antiga.

é imensa a combustão das vozes:
meus lábios se inclinam dentro da prece.
absorvo o silêncio das grutas:
um lírio branco iluminando o vazio.

olho a tristeza das rosas caminhando entre os lábios da aurora:
deve haver alguma luz nos escombros do amanhã.

quero a graça!
as pequenas coisas envolvendo o meu cansaço,
enquanto descalço a linguagem.

as romãs maduras trazem uma vela acesa na polpa.

arquétipos transfigurados,
meus poços secos anseiam a chuva.

sou uma igreja velando o horizonte:
minhas paredes murmuram canções arcaicas,
cacos umedecidos , mãos trituradas, incenso,
o perfume das velas.

tudo aponta para um jardim possível.

esgotado o sentido do tempo,
rezo ao crepúsculo.

quero os braços levitando no abraço,
os lábios ungindo o instante,
as facas podando a árvore da vida,
os templos sumindo dentro do mistério.

minhas paisagens bombardeadas cantam baixo na lágrima,
doem.

sou uma mesa esperando que cheguem os peregrinos.

os crepúsculos atam rios dentro de mim.
meu corpo arde no encontro.

Sandrio Cândido 


poema publicado também in:

4 comentários:

António Eduardo Lico disse...

Bela poesia.

Evanir disse...

Sabe aquele abraço bem gostoso??
Pois é esse que vim te deixar.
Aqui deixo meu imenso carinho
por você.
Que seja nossa amizade
a mais infinito que houver.
Um Dia lindo e abençoado.
Beijos no coração.
Carinhos na Alma.
Evanir..

Audrey Andrade disse...

Vivemos sempre na busca do novo ou do antigo, mas sempre a procura do aconchego!

Linda poesia!

Meu carinho! :)

Anônimo disse...

First of all I would like to say wonderful blog! I had a quick question which I'd like to ask if you do not mind. I was interested to find out how you center yourself and clear your head prior to writing. I've had
difficulty clearing my mind in getting my thoughts out.
I truly do enjoy writing however it just seems like the first 10
to 15 minutes are usually lost simply just trying to figure out how to begin.
Any recommendations or tips? Cheers!

My blog: houston garden center